Decore: Como utilizar o espelho como curinga na decoração?

Por Clara Coelho

O espelho tem várias funções: valorizar objetos, aumentar a sensação de espaço e iluminar um ponto escuro. Trazendo modernidade ao espaço, eles valorizam as peças quando bem instalados. No entanto, não existem muitas regras para o uso de espelhos na decoração. O bom senso é o suficiente.

Existem muitos modelos de espelhos com acabamentos de vários tipos, mas é necessário atenção para não usá-los em excesso, pois eles duplicam as peças do ambiente ao serem refletidas nele, deixando o ambiente carregado.

Uma proposta é coloca-lo atrás dos móveis, como aparadores, que inclusive podem ser espelhados, deixando-o encostado na parede e levemente inclinado, para visualizar objetos que não estão à altura dos olhos.

Outra finalidade é usá-lo para ampliar o ambiente. Por exemplo, se a mesa de jantar tem uma parede ampla por perto, o espelho retangular pode garantir diferentes visões do espaço refletido nele.

Por outro lado, ele ilumina uma área escura quando a luz natural é refletida através dele ou destaca uma vista bonita dentro de algum espaço.

Porém, usado em ambientes integrados, você deve ter atenção, já que o espelho deve trazer sensação de amplitude e dividir o espaço de maneira discreta. Quando usado sem critério, ele diminui o espaço.

Usar espelhos de tamanhos diferentes traz movimento e estilo ao resultado final. Os espelhos são extremamente decorativos e trazem sofisticação para os ambientes. Aposte nesta ideia.